domingo, 4 de fevereiro de 2007

Da solidão


Prove a solidão que cura,

Aplauda a solidão que inventa,

Escute a solidão que diz:
-Aquela é pra ti, aquela não é

Sinta a solidão dos seres,
Por um instante,
Firme o olhar nas estrelas
E então, apregoe a solidão dos astros

Banhe os olhos nas águas solitárias
Da Baía perdida

Alguém poderá escrever que um dia te
Viu ali
Banhando-te sozinho na solidão dos outros.
Experimente então a solidão que afaga,
que minimiza a mágoa
e recupera os ouvidos do coração

Faça apenas da solidão que muda
Que transforma tua alma translúcida
em paciência e compreensão.

Mas não precipite as coisas
Não preencha a solidão com mapas

Fite a solidão que ilumina
E lá do fim do arco-íris observe a solidão a
navegar

A solidão que se esquece aos olhos da
viração.


Texto de Marcos André Carvalho Lins
Imagem de Osvaldo Barreto


ANTERIORES:

-Céu
-Praia à Noite
-Luz e Flor
-Jardim Fragoso sem Jardim
-Chove ou não chove
-Mergulho
-Lua no telhado
-Viva o coletivo no over-bar
-Irmãs Gêmeas
-Cores da Manhã
-O Guerreiro
-Amar por Inteiro
-A mulher Azul e o Homem Cabeça de Fósforo
-Preço do Brilho
-Litoral
-Fé
-O Sol virá
-Anjos Amarelos
-Torres Gêmeas
-Erosão
-O Dono do Lugar
-Razão D’Alma
-Fadiga
-Luz
-O Amor Floresce num coração de Concreto
-Fênix

3 comentários:

sandra camurça disse...

Rapaz, muito bom o blog de vocês! Voltarei sempre, podes crer. Li a reportagem sobre o Sudão e as poesias, excelentes. E massa é que vocês são meus conterrâneos. Um abraço.

Osvaldo Barreto disse...

Sandra, seja bem vinda nesse espaço. Nosso desígnio é aperfeiçoar sempre esse ambiente para que as pessoas possam desfrutar de informações com qualidade. O seu comentário é de grande valia para o Veneza. E aproveitando: estamos pensando em organizar um encontro de overmanos e overminas de Pernambuco e gostaríamos muito de sua presença nesse futuro evento.
Um grande Abraço!!!!!

sandra camurça disse...

Já tô lá: a overmanguemina. Mas não sou tão mina assim...
Abraço!

Ah, Se vocês tiverem tempo dá uma sacada no meu blog, não é lá grande coisa mas eu tento.