quinta-feira, 2 de agosto de 2007

A BARCA



Traço após traço,
A vida desenha uma utopia,
Dentro do coração...

O livro das coisas passa,
E leva consigo a barca,
O destino de cada ser...

Fabulosa caligrafia,
Caminhos da nostalgia
Na lógica do bem viver...

(e por que viver em pedaços?
Vem cá , me dá um abraço!)

E de mãos dadas,
Paradas no tempo,
Estagnadas no sempre...

Discorremos sobre o amanhecer...

Texto de Marcos André Carvalho Lins
Imagem Osvaldo Barreto


Marcos André Carvalho Lins é
bacharel em Direito formado na Universidade Federal de Pernambuco e ocupa o cargo de Técnico Judiciário Federal no TRT -6a Região (Pernambuco), sendo também escritor diletante

ANTERIORES:

-Praia à Noite
-Luz e Flor
-Jardim Fragoso sem Jardim
-Chove ou não chove
-Mergulho
-Lua no telhado
-Viva o coletivo no over-bar
-Irmãs Gêmeas
-Cores da Manhã
-O Guerreiro
-2007 até 2008
-DESVENDANDO PESSOAS ( POESIA )
-Adeus ano velho ( Feliz ano novo )
-Cemitério de Santo Amaro
-João Cabral de Melo Neto
-A medida do Amor (Conto)

Galeria de Imagens:

PesarAs covasEstádio da Ilha do Retiro IIIO estádio de futebol Adelmar da Costa Carvalho IVMar abertoFogoOlhos AmarelosCúpula dourada ( Palácio de Joaquim Nabuco.)Nas Portas (de Olinda)Fernanda CaldasEnforcadoNaipesCachorrinhos IIHojeCalangoCalango IV


Venha cirandar:

Um comentário:

Antonio disse...

Tinha tempo que não passava por aqui, essa traineira lembrou absurdos da minha infância.
E o texto está maravilhoso também.
*agora já não tenho mais certeza se é ou não uma traineira, mas mesmo assim...

Abraço!