quarta-feira, 2 de janeiro de 2008

Cavalo-marinho Boi PIntado, o dia de Reis e a Lei Rouanet


Celebração ao Dia de Reis, evento que acontece sempre dia 06 de janeiro, estaremos antecipando-o um pouco, para o dia 05 de janeiro de 2008, e com motivos de sobra para comemorá-lo: Mestre Grimário acaba de receber incentivo para finalizar seu CD CAVALO-MARINHO BOI PINTADO, o qual tem a participação especial das crianças do Ponto de Cultura do MOVIMENTO PRÓ-CRIANÇA através da Lei Rouanet!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
A Empresa socialmente responsável , é a STN - SISTEMA DE TRANSMISSÃO DO NORDESTE.

"CAVALO-MARINHO, Uma Dança Dramática Brasileira:

Cavalo-marinho, uma tradição folclórica do ciclo de Natal, é a versão pernambucana do Bumba-meu-Boi. Encontrado em toda parte do Brasil, o Bumba-meu-boi é uma dança dramática que tem como elemento principal a morte e ressurreição do boi mágico.
Uma apresentação de cavalo-marinho abrange música vocal, dança, cenas dramáticas, ação, poesia improvisada, música instrumental, máscaras e fantasias. No interior, para o norte do Recife, apresenta-se durante a safra da cana-de-açúcar( agosto a janeiro).

O enredo do Cavalo-marinho concentra-se em torno do Capitão, um proprietário rural que tinha deixado suas terras sob o controle de Mateus e Sebastião, dois vaqueiros. O Capitão deseja celebrar a volta dele às suas terras, mas, os vaqueiros não deixam. O Capitão manda um Soldado tirar a licença à força, e ele consegue, após muita confusão cômica e pancadas altas, mas, sem dor, das bexigas de boi que o Mateus e o Sebastião usam como armas e instrumentos musicais. Agora é a vez do Mestre Ambrósio, que imita todas as personagens do folguedo, que continua com uma longa seqüência de danças pelo Capitão e seus Galantes, uma guarda de honra. Entre elas, são danças em homenagem aos Reis Magos, que compartilha temas musicais com as devoções de Reis no Portugal, e uma para São Gonçalo de Amarante.

Entram, em seguida, dezenas de personagens, cada uma das quais faz parte do mundo do engenho-de-açúcar. Entre elas, há personagens realísticas, como o Valentão, o Cangaceiro e o Vaqueiro- que fala na poesia do Sertão, e imaginárias- como o Caboclo de Urubá. A apresentação termina com a entrada, dança, morte e ressurreição do Boi. O acompanhamento musical fica por conta do banco, um grupo de músicos que tocam Rabeca, Pandeiro, Bage( Reco-reco) e Mineiro( Ganzá). Os Percussionistas e, às vezes, o Rabequeiro também cantam. Entre seqüências, se ouve toadas do vasto repertório, versos improvisados e música instrumental para dança.

Durante os anos 90, o interesse no Cavalo-marinho por parte do público da região metropolitana do Recife tem crescido muito, como parte de um ressurgimento de interesse na cultura popular em geral. Jovens visitam o interior para assistir a apresentações e para entrar no Mergulhão – a dança de abertura do Cavalo-marinho, e existem diversos projetos de pesquisa e documentação".

Texto: John Murphy, Ph.D., Etnomusicólogo e professor de música na Western Illinois University( até 2001) e a University of North Texas(à partir de Agosto de 2001). Vídeos:
Vídeo I
Vídeo II
Vídeo III
Vídeo IV

Publicado no Overmundo Por Rosa Campello.

Onde fica:
Sítio Trindade, Recife - PE

Quando ir:

05/1/2007, às 19:00h

Quanto custa:
Grátis! Traga, apenas, um par de pernas bem dispostas...

Website:
www.movimentoprocrianca.org.br

Contato
Rosa Campello: (81)96927778
rosacampel@hotmail.com

ANTERIORES:

-Copo
-Releitura
-No cais da vida
-3ºconcurso de Fotografia Next-Photo
-Os amigos das Aves
-E você??? É um recifense de verdade???
-Dança – O que cria? O que estabelece???
-Do Telhado
-De todo ser
-Cultura e Mito
-Freud, Cemitério e outras besteiras
-Árvore em Mim
-Arteviva Realiza Musical no Teatro Armazém 14
-Todas as quartas têm de graça.
-Desmatamento
-A santa
-Foi-se
-Baile do Menino Deus é atração no Marco Zero
-E passou...

Galeria de Imagens:

FogoOlhos AmarelosA rosa vermelhaAmarelaOlhos naturaisEstrela AmarelaDançando com o ventoZoo Dois Irmãos




2 comentários:

Blogart disse...

A arte brasileira de modo geral é muito pouco valorizada, pouco divulgada e o estado não incentiva as crianças, parabéns pelo blog e visitem o meu também, fjas62.blogspot.com (blogart).
Abraços.
Fernando Abreu

Marcos André Carvalho Lins disse...

Obrigado, Fernando, pelo comentário.
breve visitaremos teu blog com certeza, OK?
abração,